Durante Operação Sentinela, PRF descobre 24,5 toneladas de maconha e faz a maior apreensão da sua história no país - União do Policial Rodoviário do Brasil

Notícias

União do Policial Rodoviário do Brasil

Casa do Inspetor associação de PRF, notícias PRF, Policia Rodoviária Federal , PRF em Ação , UPRB

União do Policial Rodoviário do Brasil - Casa do Inspetor

test banner

Post Top Ad

Casa do Inspetor - PRF

Post Top Ad

Casa do Inspetor

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Durante Operação Sentinela, PRF descobre 24,5 toneladas de maconha e faz a maior apreensão da sua história no país

Durante Operação Sentinela, PRF descobre 24,5 toneladas de maconha e faz a maior apreensão da sua história no país



Durante Operação Sentinela, PRF descobre 24,5 toneladas de maconha e faz a maior apreensão da sua história no país
O objetivo da Operação Sentinela é enfrentar os crimes de fronteira, entre eles o tráfico de drogas. Iniciada em outubro, a ação vai até dezembro e reúne PRF, Polícia Federal e Secretaria Nacional de Segurança Pública.'
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 24.572 quilos de maconha na tarde desta segunda-feira (23) em Alto Paraíso, na região noroeste do Paraná.
Trata-se da maior apreensão da droga já realizada pela PRF em toda a sua história no país --três toneladas superior ao antigo recorde.
Até então, a maior apreensão havia sido registrada pela instituição no ano de 2010, em Santa Terezinha de Itaipu (PR), quando 21,5 toneladas de maconha foram apreendidas.
A droga apreendida hoje era transportada em dois semirreboques de uma carreta bitrem, abordada pelos policiais rodoviários federais na BR 487, em frente à Unidade Operacional Porto Camargo.
Ao examinar a nota fiscal, a equipe da PRF constatou que o documento apontava o transporte de soja. Durante a fiscalização, porém, os policiais rodoviários federais perceberam a existência de milho nas laterais da carreta.
Cães farejadores da PRF, que estavam no local por conta da quarta fase da Operação Sentinela Sintonia Fina do Ministério da Justiça, foram acionados e de imediato deram sinais de que o veículo transportava drogas.
Após a retirada da lona, os policiais rodoviários federais descobriram que a camada de milho tinha apenas poucos centímetros. O objetivo dela era encobrir o entorpecente.
Preso em flagrante, o motorista admitiu saber que havia drogas em sua carga. Disse que passava pelo posto da PRF durante a chuva, na esperança de não ser fiscalizado.
Ele informou ainda que buscou a carga em Amambaí (MS), cidade próxima da fronteira com o Paraguai, e que pretendia levá-la até Paranavaí (PR).
Um comboio de viaturas da PRF, com o apoio de um helicóptero da instituição, fez a escolta da carreta bitrem até a Delegacia da Polícia Federal em Guaíra (PR), onde a pesagem oficial foi realizada.
Em 2015, a maior apreensão da PRF havia sido registrada em fevereiro, no município de Itapecerica da Serra (SP), com 4,5 toneladas. No Paraná, a maior havia ocorrido em Tijucas do Sul, no último mês de agosto (3,5 toneladas).

Post Top Ad

Casa do Inspetor - UPRB