Presidenta Dilma sanciona Lei que torna assassinato de policiais crime hediondo - União do Policial Rodoviário do Brasil

União do Policial Rodoviário do Brasil

Casa do Inspetor associação de PRF, notícias PRF, Policia Rodoviária Federal , PRF em Ação , UPRB

União do Policial Rodoviário do Brasil - Casa do Inspetor

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Presidenta Dilma sanciona Lei que torna assassinato de policiais crime hediondo

Share This

Presidenta Dilma sanciona Lei que torna assassinato de policiais crime hediondo

Brasília, 7/7/15 - A presidente Dilma Rousseff sancionou a Lei 13.142, de 6 de julho de 2015, que torna crime hediondo e qualificado o assassinato de policiais civis, militares, rodoviários e federais, integrantes das Forças Armadas, Força Nacional de Segurança Pública e agentes do Sistema Prisional. A lei vale para os servidores que estejam no exercício da função ou em decorrência dela.
O texto da lei ainda contempla conjunges, companheiros ou parentes consanguíneo até terceiro grau, em razão do cargo ocupado. A lei ainda determina que a lesão corporal cometida contra esses agentes de segurança em serviço e seus parentes será aumentada de um a dois terços. 

Em todos esses casos, a pena será de reclusão de 12 a 30 anos. Atualmente, a pena de homicídio simples varia de seis a 20 anos de prisão. A sanção da lei foi publicada nesta terça-feira, dia 7, no Diário Oficial da União. Originado no Senado em 2007, o Projeto de Lei foi aprovado em março deste ano na Câmara dos deputados e três meses depois foi também validada no Senado Federal. 

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages