BALANÇO OPERACIONAL 2011 -Bahia - União do Policial Rodoviário do Brasil

Notícias

União do Policial Rodoviário do Brasil

Casa do Inspetor associação de PRF, notícias PRF, Policia Rodoviária Federal , PRF em Ação , UPRB

União do Policial Rodoviário do Brasil - Casa do Inspetor

test banner

Post Top Ad

Casa do Inspetor - PRF

Post Top Ad

Casa do Inspetor

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

BALANÇO OPERACIONAL 2011 -Bahia

BALANÇO OPERACIONAL 2011

Durante todo o ano de 2011, a Bahia registrou 10.395 acidentes, que deixaram 4.682 pessoas levemente feridas, 1.650 com lesões graves e 779 vítimas fatais. Em relação ao ano anterior, houve um aumento de 10,14% no número de acidentes e uma queda de 4,19% no número de mortos.

O comportamento humano no trânsito continua sendo a principal causa para números tão negativos e elevados. Na grande maioria dos casos, os acidentes decorrem de condutas imprudentes ao volante, como: excesso de velocidade, ultrapassagens em locais proibidos, falta de atenção e uso de bebida alcoólica. Para combater tais imprudências, foram realizadas campanhas educativas e fiscalizações permanentes.
Durante todo o ano foram fiscalizados 313.886 veículos, no estado, dos quais foram aplicadas 117.727 notificações, destacando-se 28.647 por excesso de velocidade, 30.830 por ultrapassagens proibidas, 11.490 por problemas relacionados à CNH – Carteira Nacional de Habilitação, 7.609 por transitar em acostamento e 1.478 por excesso de peso.

Quase duas pessoas (média de 1,78) foram presas por descumprimento à Lei Seca na Bahia em 2011. Apesar de intensas campanhas educativas e de fiscalizações permanentes através do teste com o etilômetro, ainda são flagrados casos de embriaguez ao volante. No período foram realizados 46.779 testes, flagrando e notificando 1.390 condutores sob efeito de bebida alcoólica. Destes, 652 pessoas conduzidas à Delegacia de Polícia Judiciária por apresentarem índice de alcoolemia superior a 0,3mg/l.

Criminalidade: Apesar da grande preocupação com a redução de acidentes de trânsito, em 2011 a participação da PRF nas atividades de combate à criminalidade foi bastante intensa. O maior destaque foram as Operações de combate ao uso de medicamentos e psicoestimulantes “arrebites”, cujas apreensões chegaram a 241.034 anfetaminas e 41.093 medicamentos diversos contrabandeados. O combate ao contrabando de eletrônicos, equipamentos de informática e CD/DVD’s chegou a 140.455 produtos. Também foram apreendidas 154 armas, com 6.406 munições.  No combate ao narcotráfico, foram apreendidos mais de 1 tonelada de maconha (1,721,22 Kg), 347,583 Kg de cocaína e 36,94 Kg de crack em todo o ano.



A PRF permaneceu alerta quanto ao combate à exploração de crianças e adolescentes, retirando 169 menores de situ
erais, sendo 55 agindo em conflito com a Lei, e outros 114 sendo vitimados; Além de 46 adultos flagrados por envolvimento com crianças e adolescentes de forma ilícita.



Foram realizadas 1.961 prisões de suspeitos, que foram encaminhadas à Delegacia de Polícia Judiciária, por crimes como assalto a carga/ônibus, trafico de drogas, assalto a veículo, crimes ambientais, crimes de trânsito, contrabando e falsificações, porte e tráfico de armas e munições, trabalho escravo, abuso e exploração de menores, além do cumprimento de mandados de prisão em aberto.

 Salvador, 09 de janeiro de 2012.

ORIGINAL ASSINADO E ARQUIVADO NESTA 10ª SRPRF
MÉRCIA OLIVEIRA
Chefe do Núcleo de Comunicação Social

Post Top Ad

Casa do Inspetor - UPRB