terça-feira, 20 de dezembro de 2011

*OPERAÇÃO RODOVIDA*


Em ação inédita, o governo federal lança, nesta segunda-feira (19/12), a Operação RodoVida. O objetivo é reduzir a gravidade dos acidentes de trânsito com ações integradas entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF), policias estaduais e agências de trânsito
Diagnóstico realizado pela PRF mostra que 60 trechos de dez quilômetros de extensão respondem por 22% dos acidentes mais graves atendidos pela  corporação. Dentro destes 600 quilômetros de rodovias é que as ações coordenadas pela PRF acontecerão, entre 19 de dezembro e 27 de fevereiro de 2012.
Uma característica comum a todos esses pontos levou à integração das ações: em todos existe a confluência de vias estaduais ou municipais para as rodovias federais. Assim, a ação simultânea nas rodovias e vias de acesso vai aumentar a segurança e propiciar a redução dos acidentes.

O lançamento da campanha no Rio de Janeiro será *amanhã, dia 20/12 na Ponte Rio Niterói, no sentido Niterói , das 11:30 às 13:00h*. Será uma  ação prática de fiscalização e educação com a presença de todos os  órgãos envolvidos, cujos representantes também estarão presentes (lista com nomes e telefones logo abaixo).
A ação integrada da Operação RodoVida se dará por /blitzen/ simultâneas nas BRs, rodovias estaduais ou vias municipais nas proximidades dos  pontos críticos. O foco estará no combate à embriaguez ao volante e na  fiscalização de motocicletas. O primeiro, por ser uma das principais  causas de acidentes graves e o segundo, por ser um veículo que vem se  destacando em relação ao número de acidentes nos últimos anos. Em 2011, de janeiro a setembro, a PRF atendeu 25.437 acidentes com motociclistas, com 18.083 feridos leves, 8.166 feridos graves e 1621 óbitos.Estima-se que o custo social dos acidentes nas rodovias federais este ano foi de R$ 7,9 bilhões (considerando o período de janeiro a setembro).*Campanha* – O Ministério das Cidades, por meio do Departamento Nacional  de Trânsito ( Denatran), lança a campanha de conscientização sobre não  dirigir depois de consumir qualquer quantidade de bebida alcoólica. Norteada pelo conceito “Bebida e direção. O efeito do álcool passa, a  culpa fica para sempre”, a campanha mostra o sentimento de culpa de quem  causa uma tragédia depois de dirigir sob o efeito do álcool.
As peças publicitárias chamam atenção também para o número de mortos e  feridos graves em conseqüência dos acidentes relacionados à embriaguez.Seguem abaixo os contatos:*Polícia Rodoviária Federal*: Inspetora Marisa Dreys - 7538 0113 *PM Rio*: Ten.Cel.PM Comandante do BPRV Oderlei Santos - 8596 8141 *Operação Lei Seca* : Major PM Marcelo Rocha – 83591542 *Detran*: Major PM Luiz Carlos - 84962120*DER*: Lineu Castilho - 8596 6830 *ANTT*: Flávio Costa - 3504 4700 *CET Rio*: Mauro Cezar - 8612 7592 *SSPTT/Nittrans*: Cristiane Dias - 9511 1928 **Sest Senat*:* Diretor Luiz Alberto Henriques - 9957 3977 **Concer:** Flávio Lindolfo - 9736 5772 **Ass. Dep. Hugo Leal*:* Fernando Pedrosa:- 9692 7971 *CCR - Nova Dutra*: Virgílio Leocádio - 9917 9219
Inspetora Marisa Dreys
Ch. Comunicação Social
5ª Superintendência Polícia Rodoviária Federal


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes