sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Governo Federal lança operação integrada contra a violência no trânsito


São Paulo (13/12/2012) - O Governo Federal reuniu quatro ministérios em uma ação integrada para reduzir o número de acidentes no trânsito no período de 15 de dezembro a 13 de fevereiro de 2013. A Operação Integrada Parada-Rodovida 2012/2013, lançada nesta quinta-feira (13/12), terá ações de conscientização e fiscalização desenvolvidas pelos ministérios das Cidades, Saúde, Transportes e Justiça. Em São Paulo, contará com a ilustre presença do Excelentíssimo Ministro de Estado da Saúde, Sr. Alexandre Padilha, que participará da Operação na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), na praça de pedágio de Arujá-SP, no km 204, às 11 h do dia 15 (sábado).

A operação faz parte do Parada – Um Pacto pela Vida, lançado pelo governo brasileiro em resposta a decisão da ONU de reduzir em 50% o número de mortes no trânsito no mundo, durante a década de 2011 a 2020. Em setembro deste ano, a presidenta Dilma Rousseff lançou a Campanha Permanente desencadeada pelo Ministério das Cidades em ações promocionais de conscientização dos motoristas em parceria com empresas públicas e privadas, além de personalidades como o bicampeão de F-1, Emerson Fittipaldi e a atriz Cissa Guimarães.

A conscientização dos motoristas será o foco das duas campanhas publicitárias que serão veiculadas pelos ministérios das Cidades e Transportes durante o Natal e Ano Novo. A ideia é alertar os motoristas sobre o elevado número de mortes no trânsito que ocorre durante este período.

Os dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apontam que, neste período, ocorre o maior número de acidentes de trânsito comparado com a média anual. 

As ocorrências registradas pela PRF mostram que, de janeiro a novembro de 2010, houve uma média mensal de 557 acidentes provocados por ingestão de álcool nas rodovias federais.

Em dezembro do mesmo ano, o número aumentou 21,9% com 679 acidentes registrados. O excesso de velocidade  matou uma média mensal de 67 pessoas de janeiro a novembro. Em dezembro o número subiu para 111, 65,7% de aumento. As ações serão realizadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans), Polícias Militares e Civis, Órgão Municipais e Estaduais de Trânsito e Concessionárias de Rodovias.

Bafômetros
 – Durante a cerimônia, o Ministério das Cidades vai entregar à Associação Nacional dos Detrans (AND) um milhão de bafômetros educativos que serão distribuídos aos 27 estados (vide a tabela). Os bafômetros educativos foram doados ao Governo Federal pela Confederação Nacional das Empresas de Seguros e Federação Nacional das Empresas de Seguros.

Desde setembro deste ano, o ministério já vem promovendo campanhas promocionais em eventos como o 27º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo e Fia World Endurance Championship – 6 Horas de São Paulo. Para o Natal e Ano Novo, o ministério lançará a campanha publicitária com o slogan “Já é hora de abandonar esta tradição de fim de ano” para alertar os motoristas sobre os riscos de acidentes após a ingestão de bebida alcóolica.

Radares – 
O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), órgão do Ministério dos Transportes, tem em operação nas rodovias federais 1.180 equipamentos eletrônicos controladores de velocidade como barreiras eletrônicas, pardais, controle de avanço de sinais, parada sobre a faixa e controle de velocidade.

A previsão é fechar o ano de 2012 com 1.650 equipamentos em operação. Até 2013, serão 2.696 equipamentos, que vão monitorar 5.392 faixas pelo prazo de cinco anos. Neste período, o governo federal investirá R$ 773,3 milhões no programa, com recursos previstos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

A campanha publicitária do Ministério dos Transportes para este fim de ano será voltada para o risco de dirigir de maneira imprudente.  O foco da campanha é velocidade e imprudência.

Vida no Trânsito – 
O Ministério da Saúde vai intensificar as ações do projeto Vida no Trânsito (lançado em 2010) em todas capitais  e também em Campinas (SP) e Guarulhos (SP). O projeto unifica o sistema de informação sobre acidentes no trânsito para qualificar os dados com o objetivo de detectar os principais problemas e elaborar políticas públicas mais eficientes.

O banco de dados do projeto reúne informações sobre acidentes de trânsito e vítimas - como feridos graves e mortes. Além disso, permite a intervenção nos principais fatores de risco, responsáveis pelas causas e pela gravidade dos acidentes de trânsito, como o excesso de velocidade e a associação entre álcool e direção.

Os gestores de saúde identificam os fatores de risco e grupos de vítimas mais importantes nos respectivos municípios. A partir desta verificação, esses municípios devem desenvolver programas e projetos de intervenção que reduzem estes fatores e os pontos críticos de ocorrência de acidentes; estes programas e projetos são implantados pelos setores da saúde, transporte e trânsito, segurança pública, educação, dentre outros.

Em setembro, o Governo Federal autorizou o repasse de R$ 12,8 milhões para aos 26 estados e o Distrito Federal. No total, o Ministério da Saúde já destinou R$ 27,7 milhões para os estados e municípios realizarem as ações do Projeto Vida no Trânsito.

Fiscalização-
 O Departamento de Polícia Rodoviária Federal (PRF), órgão vinculado ao Ministério da Justiça, fará blitzen nas BRs e, simultaneamente, os órgãos de trânsito parceiros nas rodovias estaduais ou vias municipais, em torno de 100 pontos críticos (Vide tabela). Com dez quilômetros cada, estes trechos mais críticos correspondem a 1,4% da malha federal sob responsabilidade da PRF. São neles que acontecem 27,6% dos acidentes e 11% das mortes, registrados de janeiro a setembro de 2012.

O índice de gravidade, que classifica os trechos críticos, ébaseado em estudos realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e PRF. O índice define pesos para os acidentes (acidente sem vítima: 1 ponto; acidente com vítima: 5 pontos; acidente com óbito: 25 pontos).Para o cálculo, multiplica-se o número de acidentes registrados no trecho pela pontuação de cada tipo. O somatório final é o índice de gravidade.

Além das ações focadas nesses pontos, a PRF também estenderáa temática da operação para o restante dos 70 mil quilômetros de rodovias federais. O foco das blitzen será o combate àembriaguez ao volante e na fiscalização de motocicletas. Nos demais trechos de rodovias, a PRF também ampliaráa fiscalização de excesso de velocidade e ultrapassagens em locais proibidos.

Ranking dos 100 trechos críticos das rodovias federais

Os 100 trechos mais críticos do país, com dez quilômetros cada, se somados correspondem a 1,4% da malha federal sob responsabilidade da PRF. Porém, são neles que acontecem 27,6% dos acidentes e 11% das mortes, registrados de janeiro a setembro de 2012.
O índice de gravidade é baseado em estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O índice define pesos para os acidentes (acidente sem vítima: 1 ponto; acidente com vítima: 5 pontos; acidente com óbito: 25 pontos).Para o cálculo, multiplica-se o número de acidentes registrados no trecho pela pontuação de cada tipo. O somatório final é o índice de gravidade.


 
UF Acidente
BR
Km
Acidentes
Feridos
Mortos
Soma de ig
1
SC
101
200-210
1122
487
8
2822
2
PA
316
0-10
1065
370
26
2669
3
MG
381
480-490
863
283
12
1943
4
SP
116
220-230
709
342
7
1929
5
CE
222
0-10
608
380
11
1876
6
SC
101
210-220
638
351
8
1826
7
MG
381
490-500
789
280
13
1825
8
ES
101
260-270
909
237
14
1817
9
ES
262
0-10
816
245
5
1696
10
PR
376
170-180
640
272
5
1616
11
SC
282
0-10
630
249
3
1474
12
RS
116
260-270
808
181
4
1460
13
PB
230
20-30
489
259
7
1421
14
SP
116
210-220
533
251
7
1365
15
RS
116
240-250
615
177
7
1327
16
RJ
101
320-330
762
161
4
1322
17
PE
101
70-80
450
183
14
1306
18
RO
319
20-30
496
268
4
1296
19
RJ
116
170-180
800
148
0
1228
20
RN
101
100-110
483
174
10
1215
21
PR
277
0-10
386
207
6
1210
22
PR
476
120-130
392
222
4
1196
23
CE
116
0-10
486
159
8
1162
24
RJ
40
110-120
453
152
12
1109
25
RN
101
90-100
613
120
6
1109
26
SC
470
50-60
413
188
6
1077
27
RJ
101
310-320
405
135
15
1065
28
PA
316
10-20
357
196
11
1061
29
PE
101
60-70
415
140
8
1043
30
AL
316
270-280
288
202
9
1040
31
SC
101
190-200
315
194
4
1019
32
ES
101
140-150
375
180
3
1015
33
RS
116
250-260
496
161
1
984
34
SC
101
110-120
393
126
10
977
35
GO
40
0-10
351
149
6
943
36
GO
153
500-510
368
152
6
940
37
SP
116
140-150
405
118
7
937
38
MA
135
0-10
322
149
8
934
39
PR
116
110-120
281
146
10
921
40
PR
116
120-130
284
163
10
908
41
BA
324
610-620
375
149
10
907
42
PI
316
0-10
315
131
10
903
43
RJ
40
120-130
501
85
6
885
44
ES
101
250-260
235
128
16
879
45
SP
116
270-280
324
154
5
876
46
PB
230
30-40
316
167
2
868
47
PB
230
10-20
344
134
4
864
48
RJ
116
160-170
466
125
6
862
49
RO
364
710-720
308
186
3
856
50
PR
376
180-190
289
165
4
853
51
PR
476
130-140
349
129
2
849
52
RO
364
340-350
270
192
1
826
53
PR
277
720-730
236
150
6
816
54
MG
40
520-530
313
136
6
809
55
PR
277
580-590
241
142
7
809
56
PR
369
150-160
332
146
2
808
57
PE
101
50-60
323
98
9
795
58
SP
381
80-90
219
126
8
775
59
SC
101
120-130
307
115
5
771
60
PE
101
80-90
334
99
6
770
61
PI
343
340-350
303
113
4
751
62
MA
10
250-260
234
113
8
750
63
DF
70
0-10
155
147
14
743
64
BA
324
510-520
247
117
8
735
65
RJ
40
100-110
329
117
5
705
66
RJ
116
180-190
256
90
9
704
67
PR
376
0-10
183
109
7
699
68
SC
280
50-60
207
140
3
699
69
DF
40
0-10
220
140
5
696
70
GO
70
0-10
147
99
13
687
71
RS
290
90-100
322
80
5
686
72
BA
324
620-630
190
111
10
674
73
SC
101
130-140
277
133
1
673
74
PE
101
90-100
212
98
8
668
75
SC
470
60-70
229
143
2
661
76
SP
116
150-160
280
83
4
660
77
MG
40
510-520
252
130
2
656
78
SC
470
140-150
223
104
5
651
79
RJ
101
290-300
330
66
7
650
80
SP
116
560-570
355
68
4
639
81
BA
116
420-430
192
106
8
636
82
RN
101
80-90
224
78
9
636
83
SP
381
60-70
230
74
7
626
84
PR
476
140-150
193
104
6
625
85
PR
277
590-600
146
106
11
622
86
PR
277
70-80
205
81
7
621
87
AL
316
280-290
203
128
3
611
88
SC
101
330-340
210
113
4
610
89
PR
277
100-110
177
85
9
593
90
CE
116
10-20
174
98
6
590
91
PR
369
140-150
194
114
5
590
92
RJ
116
220-230
263
57
7
587
93
SC
101
140-150
210
113
2
582
94
SP
116
280-290
193
86
8
581
95
RS
287
240-250
222
106
1
578
96
SP
116
540-550
290
71
6
578
97
RS
116
140-150
332
53
3
576
98
SC
101
320-330
192
111
4
576
99
PR
376
590-600
151
82
10
555
100
RJ
101
50-60
111
64
12
555


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes