PRF realiza Operação Eleições 2012 - União do Policial Rodoviário do Brasil

Notícias

União do Policial Rodoviário do Brasil

Casa do Inspetor associação de PRF, notícias PRF, Policia Rodoviária Federal , PRF em Ação , UPRB

União do Policial Rodoviário do Brasil - Casa do Inspetor

test banner

Post Top Ad

Casa do Inspetor - PRF

Post Top Ad

Casa do Inspetor

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

PRF realiza Operação Eleições 2012


PRF realiza Operação Eleições 2012

        João Pessoa,04 de outubro de 2012-  Polícia Rodoviária Federal irá intensificar a fiscalização durante as eleições deste ano. A Operação Eleições 2012 irá reforçar o policiamento ao longo das rodovias e estradas federais da Paraíba. Para reforçar o policiamento no interior do estado, estão sendo encaminhados policiais do Núcleo de Operações Especiais para a região de Patos e Campina Grande.
       A Polícia Rodoviária Federal estará integrando, juntamente com a Polícia Militar, Civil e Federal,  a Central de Comando e Controle criada para dar mais agilidade ao encaminhamento dos crimes eleitorais. Durante os dias que antecedem as eleições e no dia do evento, a PRF estará atenta à prática de crimes eleitorais, tais como boca de urna, transporte ilegal de eleitores e demais ilícitos típicos do período de eleições. 
        Ao longo das rodovias e estradas federias paraibanas existem 37 pontos de votação. Nesses locais, a PRF orienta os motoristas que trafeguem com muita cautela, já que serão locais com bastante movimentação de pedestres e veículos. Além disso, as práticas de boca de urna e demais crimes eleitorais serão coibidos. 
        A partir de amanhã (5), sexta-feira, a Polícia Rodoviária Federal espera um aumento significativo no fluxo de veículos nas rodovias e estradas federais da Paraíba, já que muitos eleitores residem em locais distintos dos municípios em que votam. Para isso, a PRF orienta os motoristas para viajarem preferencialmente em períodos diurnos e que verifiquem as condições dos veículos antes de iniciarem os deslocamentos.
        Prisões em flagrante – A legislação eleitoral estabelece que nenhum eleitor poderá ser preso desde cinco dias antes e 48 horas depois do encerramento das eleições, exceto em caso de crimes em flagrante ou flagrante continuado. Sendo assim, a PRF salienta que a fiscalização da Lei Seca será intensificada durante o reforço no policiamento.
        Denúncias – A Polícia Rodoviária Federal informa ainda que o telefone de emergência 191, que funciona 24 horas e é gratuito, estará recebendo denuncias de práticas criminosas durante todo o período eleitoral. As denúncias podem ser realizadas de forma sigilosa e serão verificadas ou encaminhadas aos órgãos competentes para atendê-la. 

Post Top Ad

Casa do Inspetor - UPRB