Operação Independência - PRF PARANÁ - União do Policial Rodoviário do Brasil

Notícias

União do Policial Rodoviário do Brasil

Casa do Inspetor associação de PRF, notícias PRF, Policia Rodoviária Federal , PRF em Ação , UPRB

União do Policial Rodoviário do Brasil - Casa do Inspetor

test banner

Post Top Ad

Casa do Inspetor - PRF

Post Top Ad

Casa do Inspetor

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Operação Independência - PRF PARANÁ


Operação Independência
Começa  na  primeira  hora  da  quinta-feira  (06)  e  vai  até  às  24h  do  domingo  (09)  a Operação  Independência  2012  da  Polícia  Rodoviária  Federal.  A  corporação  está preparada para atender ao aumento do fluxo de veículos em diversas regiões do Paraná.
A PRF estará operando com viaturas, helicóptero, motocicletas, etilômetros e radares, para conter os abusos na direção, principalmente aqueles que causam acidentes graves, ultrapassagens proibidas,  excesso de velocidade, ingestão de álcool antes de dirigir, condições dos veículos e documentações e fiscalização minuciosa em motocicletas . 
Em trechos e horários de maior movimento, terá um acréscimo de até 50% no número de policiais empregados. Também haverá reforço na fiscalização nos dias e horários de menor movimento, já que os acidentes de maior gravidade muitas vezes ocorrem em dias em  que  o  movimento  é  menor  e  motoristas  mais  ousados  encontram  pistas  vazias abusando da velocidade, das ultrapassagens, entre outras condutas condenáveis.
Motorista, faça a sua parte!
Com todos os esforços da PRF concentrados na preservação da vida e da integridade física dos usuários das rodovias, cabe ao motorista, que é a “parte consciente nesta relação”, tomar atitudes em prol de um trânsito mais seguro. Para o Superintendente Regional da PRF no Paraná, Inspetor Gilson Luiz Cortiano, “enquanto o motorista pensar que  é  só  entrar  no  carro,  girar  a  chave  e  acelerar,  as  tragédias  vão  continuar acontecendo, mesmo com todo o esforço da PRF. É preciso exercer a cidadania no trânsito, entender que os abusos ao volante têm consequências que muitas vezes são irreversíveis, como a perda da própria vida, ou a de um ente querido, por exemplo.”
Com pistas secas ou molhadas, respeite os limites de velocidade!
A partir da quinta-feira, a previsão é de tempo estável com sol brilhando em diversas
regiões do estado , segundo o SIMEPAR. 
Portanto, não se deve aproveitar a pista seca para exceder os limites de velocidade, pois o motorista acaba tendo uma sensação de falsa segurança. 
Nesta época do ano, também é comum a ocorrência de neblinas e queimadas, que reduzem muito a visibilidade dos motoristas. Ao dirigir nessas condições, o motorista deve ter muito cuidado, reduzir a velocidade, nunca utilizar o pisca alerta para não confundir outros motoristas e ligar os faróis baixos para aumentar sua visualização. Se o veículo está  em  condições  de  prosseguir  viagem,  não se  deve  parar  no  acostamento.  O acostamento deve ser usado somente quando houver pane no veículo ou algum tipo de emergência. Se for necessário parar, é melhor procurar um local seguro, como postos da Polícia Rodoviária Federal, de combustíveis, restaurantes às margens da rodovia, serviço de atendimento ao usuário, etc.
Em casos de acidentes sem vítimas, qualquer que seja a condição climática, os veículos envolvidos DEVEM ser retirados da pista, sempre que houver condições. Essa medida é fundamental para não atrapalhar a circulação de outros veículos, evitando assim, outros acidentes, a PRF lembra ainda que o motorista que não retira o veículo da pista, podendo fazê-lo,  poderá  ser  multado  segundo  o  Código  de  Trânsito  Brasileiro  (CTB)  em  seu Art. 178 (Infração - Média/ Penalidade - Multa).
Condições das rodovias
Antes de viajar, verifique as condições das rodovias e se não há interdições. O Twitter da PRF  é  @PRF191PR e os policiais de plantão postam informações sobre o trânsito, acidentes, interdições, fluxo de veículos, etc, além de tirarem dúvidas dos usuários. O telefone de  de emergência 191 da PRF deverá ser utilizado apenas em situações de EMERGÊNCIA,  como  por  exemplos:  acidentes  ou  alguém  flagrar  um  motorista aparentemente embriagado e comprometendo a segurança do trânsito.
É importante o motorista ter consciência de que o trânsito estará intenso nas principais rodovias  do Paraná, e que provavelmente haverá congestionamentos  nas saídas de Curitiba em direção ao litoral e ao interior do Estado. Aos que puderem esperar, é melhor procurar horários  alternativos e fugir do  congestionamento.  Quem viajar  na noite de quinta-feira, durante a manhã de sexta-feira até o meio dia e a volta, na tarde de domingo, terá que ter paciência e se preparar para encarar possíveis filas. Uma boa ideia é levar água  e  alimentos  no  veículo,  principalmente  ao  viajar  com  crianças  e  idosos,  não esquecer remédios controlados e que tenham horários definidos. 
Regras que devem ser respeitadas para chegar com segurança O motorista que respeita as regras de trânsito, contribui para a sua segurança, de seus familiares e das demais pessoas que trafegam nas rodovias. Essas são as regras mais importantes que o motorista deve se atentar antes mesmo de ligar o seu veículo:
–  Nunca  tome  bebida  alcoólica  antes  de  dirigir,  mesmo  que  seja  em  pequenas quantidades. Não existe índice de alcoolemia seguro para dirigir e além da multa de R$ R$957,77 e sete pontos na carteira, se atingir o índice de 0,6g de álcool por litro de sangue Art. 306 (CTB), o motorista é preso e poderá ter sua carteira de habilitação suspensa ou caçada.
– O uso de cinto de segurança é obrigatório, inclusive no banco traseiro. Passageiros do banco  traseiro que  trafegam sem o cinto de segurança podem ser   lançados para fora do veículo em caso de acidente, ou ainda, podem esmagar os ocupantes do banco da frente.
– O  colo   não   é   um  local   seguro   para   crianças   que   estão   em  um  veículo   em movimento, pois podem ser arremessadas em caso de colisão. Elas devem estar em cadeirinhas  adequadas  para  sua  idade.  Crianças  no  banco  da  frente?  Somente  as maiores de 10 anos.
– Ultrapassagens são proibidas em  trechos de  faixa contínua,  onde há sinalização proibindo e em locais como curvas, aclives e declives sem visibilidade, em faixas depedestres,  nas  pontes,  viadutos  e  túneis,  ou  para  passar  uma  fila  de  veículos.
Ultrapassagens  mal  sucedidas  são  responsáveis  por  grande  parte  das  mortes  em rodovias federais.
– Não   corra!   Os   limites   de   velocidade   de   cada   via   devem  ser   conhecidos   e respeitados.  O  cuidado  deve  ser  ainda  maior  em  trechos  urbanos,  onde  há  grande concentração de pedestres.
– Mantenha distância do veículo que segue à  frente.  Assim,  você  terá  tempo para frear ou tomar qualquer atitude que evite uma colisão.
– À noite,  o cuidado deve ser   redobrado,  pois o cansaço  também é um grande causador  de acidentes.  O mesmo vale para os dias de pouco movimento,  com pista
livre.  
- Não trafegue no acostamento em hipóteses alguma, nem por poucos metros! Você poderá atropelar um pedestre, colidir com uma bicicleta ou até mesmo com outro veículo que esteja parado em alguma emergência.
Restrição em trechos de pista simples
Nos dias e horários de maior movimento, os veículos com excesso de altura, largura ou comprimento, não poderão circular em trechos de pista simples, conforme o cronograma
abaixo:
Dia 06 (quinta-feira): Das 16h às 22h
Dia 07 (sexta-feira): Das 06h às 12h
Dia 09 (domingo): Das 16h às 24h

Post Top Ad

Casa do Inspetor - UPRB