Operação conjunta desarticula quadrilha de extração ilegal de madeira - União do Policial Rodoviário do Brasil

Notícias

União do Policial Rodoviário do Brasil

Casa do Inspetor associação de PRF, notícias PRF, Policia Rodoviária Federal , PRF em Ação , UPRB

União do Policial Rodoviário do Brasil - Casa do Inspetor

test banner

Post Top Ad

Casa do Inspetor - PRF

Post Top Ad

Casa do Inspetor

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Operação conjunta desarticula quadrilha de extração ilegal de madeira


Uma operação conjunta realizada pela Polícia Rodoviária Federal e Secretaria de Estado de Meio Ambiente, durante o período de 14 a 16 deste mês, desbaratou uma quadrilha de extração ilegal de aroeira, madeira originária da árvore de mesmo nome, considerada em extinção neste estado..

A operação teve lugar em municípios do sul do Estado do Piauí, entre Júlio Borges e Avelino Lopes, passando por Curimatá. Três pessoas foram presas acusadas de crime ambiental. Duas delas tidas como agenciadoras e uma responsável pela logística de extração.

Esta quadrilha é responsável pela retirada de 20 caminhões/mês deste tipo de madeira do solo piauiense. Este volume de madeira corresponde à destruição de 1500 árvores de aroeira. O carregamento e mandado para os Estados Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Goiás e Bahia,

Na operação foram apreendidas 1.500 toras de madeira que foram doadas ao Parque Zoobotânico em Teresina para aproveitamento em sua infra-estrutura. Este material estará sendo descarregado nesta segunda-feira (17), às 09h30 da manhã.

Outra operação paralela foi realizada com o fim de combater o comércio de roubo de veículos na região. Nesta operação a PRF contou com o apoio da Polícia Judiciária do Detran, através do Delegado João José Pereira Filho. Ao final, sete veículos foram apreendidos e presos os seus condutores. Quatro automóveis e três motocicletas. Seis desses veículos acusaram ocorrência de roubo a partir de consulta direta pela placa ou chassi. Um havia tido os sinais identificadores deliberadamente destruídos.

Dois condutores foram presos portando carteiras de motoristas falsas. Outro foi preso quando apresentou à fiscalização um documento de veículo que havia sido furtado do Detran de São Paulo. Todas as ocorrências foram encaminhadas às Delegacias de Polícia das áreas de competência legal.

Post Top Ad

Casa do Inspetor - UPRB