Avistado sem capacete, motoqueiro não tinha CNH e pilotava embriagado - União do Policial Rodoviário do Brasil

Notícias

União do Policial Rodoviário do Brasil

Casa do Inspetor associação de PRF, notícias PRF, Policia Rodoviária Federal , PRF em Ação , UPRB

União do Policial Rodoviário do Brasil - Casa do Inspetor

test banner

Post Top Ad

Casa do Inspetor - PRF

Post Top Ad

Casa do Inspetor

sábado, 29 de setembro de 2012

Avistado sem capacete, motoqueiro não tinha CNH e pilotava embriagado


Durante fiscalização ao longo da BR 343, na tarde desta sexta-feira (28), Policiais Rodoviários Federais do Posto PRF de Piripiri/PI, abordaram, no km 188, um motociclista que trafegava sem capacete. 

O procedimento de fiscalização levou à constatação de que, além da falta do capacete de segurança, a motocicleta Loncin LX110 3DI estava com o emplacamento atrasado, o condutor não possuía carteira de motorista e apresentava sinais característicos da embriaguez alcoólica.

Quando submetido ao teste do bafômetro ficou comprovado que havia em seu organismo um teor de álcool equivalente a 1,01 mg/l (miligrama de álcool por litro de ar alveolar. Uma medida dez vezes acima da tolerada pela Lei Seca (0,10 mg/l).  

O condutor da moto, E.S.L, 45 anos, natural de Piripiri/PI, foi conduzido preso ao 2° Distrito da Polícia Civil nesta cidade para responsabilização por suposto crime de embriaguez alcoólica ao volante.

Outros dois motoristas foram presos na noite de ontem (28)quando dirigiam seus veículos só efeito de bebida alcoólica. Estes dois casos se verificaram em fiscalização da PRF no Km 01 da BR 316, Ponte Nova, acesso para Timon/MA.

Nos dois casos os condutores viajavam de Teresina/PI para Timon/MA. O primeiro dirigia um VW Gol e o teste do bafômetro acusou no seu organismo um índice de álcool no organismo correspondente a 0,43 mg/l.

Em outro caso, um motociclista submetido ao bafômetro foi preso ao ser verificado no seu organismo 1,02 mg/l (miligramas de álcool por litro de ar expelido.

Estes dois motoristas foram encaminhados à Central de Flagrantes da Polícia Civil em Teresina para as medidas legais.

Post Top Ad

Casa do Inspetor - UPRB