PRF registra quase 70.000 flagrantes de excesso de velocidade durante feriado da independência - União do Policial Rodoviário do Brasil

Notícias

União do Policial Rodoviário do Brasil

Casa do Inspetor associação de PRF, notícias PRF, Policia Rodoviária Federal , PRF em Ação , UPRB

União do Policial Rodoviário do Brasil - Casa do Inspetor

test banner

Post Top Ad

Casa do Inspetor - PRF

Post Top Ad

Casa do Inspetor

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

PRF registra quase 70.000 flagrantes de excesso de velocidade durante feriado da independência

                     PRF registra quase 70.000 flagrantes de excesso de velocidade durante feriado da independência

Com mais de 129.000 veículos fiscalizados pela Polícia Rodoviária Federal, a Operação Independência aconteceu entre 04 e 07 de setembro com o objetivo de reduzir a violência no trânsito. A ação, focada na fiscalização de condutas de risco, faz parte de uma pacto nacional de enfrentamento à violência no trânsito em parceria com o Ministério da Justiça, Casa Civil e Ministério da Saúde

Durante os quatro dias de operação, números preliminares mostram que a PRF fiscalizou 129.244 veículos e realizou 38.912 testes de etilômetro, popularmente conhecido como “bafômetro”. Ao todo, 1.056 pessoas foram impedidas de dirigir por estarem sob efeito de álcool e 151 foram presas por embriaguez.
Em Altos / PI, um homem foi abordado por conduzir motocicleta sem capacete e no acostamento da contramão de direção. Ao ser submetido ao teste com etilômetro, foi constatado o índice de 1,81 mg de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, valor 45 vezes superior ao tolerado em lei.
Dez meses após o aumento da penalidade por ultrapassagens indevidas, os policiais rodoviários federais flagraram 6.777 ocorrências dessa manobra. As ultrapassagens realizadas em locais proibidos são as principais responsáveis pelas colisões frontais, um tipo de acidente que, comparado com outros tipos de acidentes registrados pela PRF, apresenta baixa incidência, mas altíssima letalidade.
Ao todo, 69.548 veículos foram flagrados pelos radares fixo e portáteis da PRF transitando acima da velocidade permitida. O alto índice de registros de velocidade excessiva demonstra a urgente necessidade de mudança comportamental por parte dos motoristas.
Com o objetivo de sensibilizar motoristas e passageiros de seus papéis na construção de um trânsito mais seguro, a PRF também promoveu, além do policiamento ostensivo, ações educativas nas rodovias federais durante todos os dias da operação. As ações de educação para o trânsito realizadas pela PRF em todo território nacional alcançaram diretamente 25.173 pessoas.
Mesmo com a sensibilização constante, ainda há uma grande quantidade de flagrantes da falta do uso de equipamentos obrigatórios e importantes para a segurança dos usuários de rodovias federais. Neste feriado, a PRF flagrou 384 condutores de motocicletas conduzindo o veículo sem usar capacete, número semelhante ao de crianças sendo transportadas sem a cadeirinha (336 flagrantes). A falta do cinto de segurança na condução de veículos automotores também representa um número expressivo dos flagrantes: foram 2.609 flagrantes de motoristas e passageiros transitando em rodovias federais sem usar o cinto de segurança.
Acidentes graves
Apenas dois dos acidentes registrados neste feriado foram responsáveis por quase 14% (quatorze por cento) das 92 (noventa e duas) mortes registradas pela PRF.
Em Goiás, na BR 070, no município de Montes Claros de Goiás, quatro adultos e três adolescentes morreram na noite de domingo (06 de setembro), quando uma caminhonete invadiu a pista contrária e colidiu de frente com uma picape, incendiando ambos os veículos.
Em Grão Mogol, norte de Minas Gerais, no dia 04 de setembro, um acidente entre uma caminhão cegonheira e carro de passeio matou seis pessoas da mesma família. A cegonheira trafegava na BR 251 quando, por motivos ainda desconhecidos, invadiu a contramão e colidiu de frente com o veículo da família. Os dois adultos, dois adolescentes e duas crianças que ocupavam o carro faleceram no local.

Post Top Ad

Casa do Inspetor - UPRB