segunda-feira, 14 de setembro de 2015

PRF leva órgãos a hospital no Paraná; três pacientes receberam transplantes

PRF leva órgãos a hospital no Paraná; três pacientes receberam transplantes

Quatro órgãos foram transportados em viaturas da PRF por 300 quilômetros entre Guarapuava e Campina Grande do Sul
PRF leva órgãos a hospital no Paraná; três pacientes receberam transplantes

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizaram na noite deste sábado (12) o transporte de quatro órgãos humanos, em apoio à Central de Transplantes do Paraná.
Os órgãos --dois rins, um fígado e um pâncreas-- foram transportados em viaturas da PRF, por via terrestre, desde Guarapuava, na região central do estado, até Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba.
As condições climáticas na região da capital paranaense não permitiram o transporte aéreo.
Os cerca de 300 quilômetros entre Guarapuava e Campina Grande do Sul foram percorridos pelas viaturas da PRF em pouco mais de três horas. A saída ocorreu às 20h30. E a chegada, às 23h35.
Uma viatura da PRF buscou os órgãos no Hospital São Vicente de Paulo, em Guarapuava, e os levou até o Posto São Luiz do Purunã, em Balsa Nova, onde outra equipe ficou encarregada de transportá-los até o Hospital Angelina Caron.
O doador dos órgãos foi vítima de um atropelamento.
De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital Angelina Caron, três pacientes receberam os órgãos doados e todas as cirurgias foram concluídas com êxito.
Os procedimentos foram complexos e exigiram várias horas de trabalho das equipes médicas, desde a madrugada até o início da tarde deste domingo. Todos os três pacientes apresentam quadro clínico estável.
Entre os receptores dos órgãos está uma mulher de 22 anos de idade, que tem uma doença hepática. O pai dela acompanhou a chegada da viatura da PRF com os órgãos, e agradeceu aos policiais rodoviários federais pelo apoio.
Outras informações serão divulgadas pelo hospital nesta segunda-feira (14).
Sobre o Sistema Nacional de Transplantes
Mais de 95% dos transplantes no Brasil são financiados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
No país, a doação de órgãos só acontece com a autorização dos familiares.
O passo principal para se tornar um doador é conversar com a família e deixar claro o seu desejo. Não é necessário deixar nada por escrito.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes