OPERAÇÃO SEMANA SANTA / TIRADENTES 2014 BALANÇO FINAL – 17/04/2014 à 21/04/2014 - União do Policial Rodoviário do Brasil

Notícias

União do Policial Rodoviário do Brasil

Casa do Inspetor associação de PRF, notícias PRF, Policia Rodoviária Federal , PRF em Ação , UPRB

União do Policial Rodoviário do Brasil - Casa do Inspetor

test banner

Post Top Ad

Casa do Inspetor - PRF

Post Top Ad

Casa do Inspetor

terça-feira, 22 de abril de 2014

OPERAÇÃO SEMANA SANTA / TIRADENTES 2014 BALANÇO FINAL – 17/04/2014 à 21/04/2014

São Paulo (22/04/2014) – Encerrou-se ontem (21), a Operação Semana 
Santa Tiradentes 2014 da Polícia Rodoviária Federal, que teve início à 0 h do dia 17/04/2014. Nos 1.067 quilômetros de rodovias federais que cruzam o Estado de São Paulo, houve registro de aumento no tráfego de veículos durante a saída e a volta do feriado. Foi registrado excesso de veículos nas rodovias Presidente Dutra (BR- 116), Fernão Dias (BR-381) e Régis Bittencourt (BR-116). 
Durante os cinco dias da operação, foram registrados 162 acidentes, resultando em 97 feridos e 4 mortes. Isso resulta em um número médio de 32,4 acidentes por dia. Como este feriado se uniu com o de Tiradentes, aumentou-se um dia na Operação em relação à do ano passado. 
Portanto, como não houve um feriado correspondente no ano passado, em relação às características únicas deste, os dados a serem comparados tomarão por base as médias diárias. A análise dos números levou em 
consideração também a evolução da frota nacional de veículos. O principal fator que causa a maioria dos acidentes ainda é a falta de atenção dos condutores e pedestres mas, com o aumento da frota, aumenta-se o 
quantitativo de condutores na mesma proporção e, com eles, a falta de atenção ao volante. Sendo assim, para uma análise mais real dos números foi considerado o aumento da frota e a consequente ação desses condutores no trânsito. Também, foram fiscalizados 10.467 veículos e 10.542 pessoas.

Comparativo estatístico da Operação nos anos de 2013 e 2014 (no destaque, números por milhão de veículos – Frota nacional em abril de 2013: 77.359.350; abril de 2014: estimada em 83.374.919)

2013 (4 dias)                                   2014 (5 dias)
28/03/2013 à 31/03/2013                 17/04/2014 à 21/04/2014        %
Acidentes 48,74 acidentes por dia       32,40 acidentes por dia   -38,33%
(0,630 acidentes p/ milhão de        (0,389 acidentes p/ milhão de veículos)
veículos)
Feridos
17,75 feridos por dia 
(0,229 feridos p/ milhão de 
veículos)
19,4 feridos por dia (0,233 
feridos p/ milhão de veículos) 1,41%
Mortes 0,5 mortes por dia (0,006 
mortes p/ milhão de veículos)
0,8 mortes por dia (0,010 
mortes p/ milhão de veículos) 48,46%

Fonte: DENATRAN/NUCOM-SP/SIGER/ROD/DPRF/MJ – Dados preliminares que poderão sofrer alterações.Dados Vale do Paraíba
17/04/2014 à 21/04/2014
Acidentes 311
Feridos 21
Mortes 1
Alcoolemia
Testes 1.545
Autuações 33
Prisões 4

 Fonte: NUCOM-SP/SIGER/ROD/DPRF/MJ – Dados preliminares que poderão sofrer alterações.
Embriaguez
Com o endurecimento da chamada 'Lei Seca', a PRF, em São Paulo, 
realizou 4.542 testes de etilômetro, e 70 autuações. São quase 40 testes por hora e 14 autuações por dia.
Destes, 14 foram presos em flagrante pelo crime de dirigir embriagado; 
isso é quase 3 pessoas presas por dia. Todos os motoristas reprovados no teste do bafômetro tiveram suas 
habilitações apreendidas e foram autuados em R$ 1.915,00, conforme abaixo:
2013 (4 dias)
28/03/2013 à 31/03/2013
2014 (5 dias)
17/04/2014 à 21/04s/2014 %
Testes 2.896 (724 p/ dia) 4.542 (908,4 p/ dia) 25,47%
Autuações 30 (7,5 p/ dia ) 70 (14 p/ dia) 86,67%
Prisões 13 (3,25 p/ dia) 14 (2,8 p/ dia) -13,85%
Fonte: NUCOM-SP/SIGER/ROD/DPRF/MJ – Dados preliminares que poderão sofrer alterações.
Acidentes fatais
Rodovia Data Hora Km Município Tipo de acidente Vítimas 
fatais
BR-381 Fernão Dias 17/04/14 18:28 42 Atibaia Colisão traseira 2
BR-116 Presid. Dutra 18/04/14 07:09 108,5 Taubaté Colisão traseira 1
BR-381 Fernão Dias 19/04/14 23:49 38 Atibaia Atropelamento de pessoa 1
 Total 4

Novamente, os acidentes que geraram vítimas fatais estão associados à falta de atenção do motorista e o desrespeito à sinalização e à desobediência à legislação de trânsito. No 
acidente de 17/04, na Fernão Dias, os ocupantes de uma motocicleta colidiram na traseira de um veículo e em 
seguida, desequilibrados, colidiram contra um caminhão que estava na faixa da direita, sendo atropelados pelo 
veículo em movimento. Em 18/04, na Via Dutra, dois veículos conduzidos por motoristas embriagados se 
envolveram em uma colisão traseira, onde o veículo da frente colidiu com um ciclista que se encontrava no 
acostamento, vitimando-o fatalmente. Os dois motoristas foram presos em flagrante, sem direito à fiança. Por 
fim, no dia 19/04, na Fernão Dias, um veículo não identificado atropelou uma pessoa não identificada.
Verificamos, ainda, índices alarmantes de imprudência e falta de atenção 
tanto de motoristas, por não redobrarem os cuidados ao transitar pelos perímetros urbanos, quanto dos 
pedestres, por não utilizarem as passarelas ou redobrarem a atenção quando transitam pelos acostamentos 
durante o dia e, principalmente, a noite.
Excesso de velocidade 
Nesta Operação, com a aquisição de radares de última geração, houve 
intensificação na fiscalização de velocidades excessivas. Durante os cinco dias de operação, foram flagrados 
mais de 10.000 veículos em velocidade excessiva. Após o processamento e a convalidação das imagens 
obtidas, os motoristas que se excederam a velocidade serão autuados por trafegar com a velocidade acima do 
permitido. Nas fotos, alguns flagrante durante o feriado.
Imprudência e desrespeito à sinalização
Neste feriado, foi verificada mais uma vez a imprudência dos motoristas e a falta de respeito à sinalização de trânsito. Foi observado, também, que muitos motoristas ainda se valem do 
acostamento para trafegar e realizar ultrapassagens, sendo a prática autuada com rigor pela PRF nas 
rodovias federais do Estado.
Ainda, a causa de acidente mais recorrente é a falta de atenção, seguida 
pela velocidade incompatível, e o uso de álcool ao volante. O tipos de acidentes mais comuns foram as 
colisões traseiras, seguidas das laterais e das saídas de pista. 
Combate às drogas
Durante a operação Semana 
Santa Tiradentes 2014, em São José do 
Rio Preto, no dia 18/04, por volta das 22 h, 
foi abordado no km 88 da BR-153, um veículo Ford Ka, onde, durante a abordagem, os ocupantes se mostraram muito nervosos, apresentando informações desencontradas sobre a viagem. Em razão da atitude suspeita, foi realizada uma busca minuciosa no veículo, que culminou com a apreensão de 1 revólver cal. 38 de procedência nacional, 6 pistolas de calibres .45 e 9 mm de origem estrangeira, 7 carregadores de pistola e 150 munições de calibres .45 e 9 mm. Ainda, no porta malas, havia 131 tabletes de maconha, que totalizaram 100 kg da droga. Os ocupantes disseram que conseguiram o carro em Dourados 
(MS) e levariam para a divisa de SP com MG, ganhando por isso, R$ 2.000,00, cada um. Eles foram presos em flagrante pelos crimes de Comércio Ilegal de Armas de Fogo, com pena aumentada de metade por ser de uso restrito (artigos 17 e 19 da Lei n. 10.826/2003) e Tráfico de Drogas, com pena aumentada de um sexto a um terço por ocorrer entre Estados (artigos 33 e 40, inciso V da Lei n. 11.343/2006). Educação e conscientização Além da fiscalização massiva de repressão ao uso de bebida alcoólica, do excesso de velocidade e da ultrapassagem em local proibido, a Polícia Rodoviária Federal espera atingir  resultados ainda mais expressivos nos próximos feriados, tanto na educação para o trânsito, quanto nas fiscalizações relacionadas à embriaguez ao volante.
Os acidentes deste ano tiveram, na conduta imprudente e na falta de atenção de motoristas e pedestres, fatores determinantes para a morte de pessoas no trânsito das rodovias 
federais. É nesse tipo de conduta que o trabalho de conscientização da PRF busca atingir e mudar. A Polícia 
Rodoviária Federal acredita que, somente com o apoio e consciência de todos os envolvidos no trânsito, é que 
se conseguirá alcançar a segurança nas rodovias.

Post Top Ad

Casa do Inspetor - UPRB