BALANÇO DA OPERAÇÃO SEMANA SANTA 2012 - POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL/RJ - União do Policial Rodoviário do Brasil

Notícias

União do Policial Rodoviário do Brasil

Casa do Inspetor associação de PRF, notícias PRF, Policia Rodoviária Federal , PRF em Ação , UPRB

União do Policial Rodoviário do Brasil - Casa do Inspetor

test banner

Post Top Ad

Casa do Inspetor - PRF

Post Top Ad

Casa do Inspetor

terça-feira, 10 de abril de 2012

BALANÇO DA OPERAÇÃO SEMANA SANTA 2012 - POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL/RJ

Rio 09/04 - A Polícia Rodoviária Federal  registrou 195 acidentes, 77 feridos e  7 mortos na Operação Semana Santa de 2012, que ocorreu no período de 05 a 08 de abril, com a duração de 4 dias.
 A Operação Semana Santa de 2011 registrou número de acidentes bem maior, mas ela durou 5 dias, tornando impossível a comparação fidedigna entre os resultados de ambas.

Os dados brutos seguem abaixo com valor apenas de registro, não de comparação.
  
Registroso comparativos da Operação Semana Santa 2011 e 2012

Rodovias Federais no Rio de Janeiro
Em 2012, foram registrados 40 acidentes com 77 pessoas feridas, conforme gráfico abaixo:
O gráfico  mostra que as colisões transversais foram responsáveis pelo maior mero de feridos por tipo de acidente. Este tipo de colisão é caraterístico de entradas e saídas de pista, retornos e situações em que o motorista precisa fazer algum tipo de conversão. Na maioria das vezes, acontece por falta de atenção ou por uma avaliação errada das condições do trânsito para realizar as manobras.
                                  Em seguida, aparecem a  colisão frontal e a queda de motocicleta empatados como o segundo tipo de acidente que mais causou feridos neste feriado. A colisão frontal, pela soma de velocidades entre os veículos envolvidos,  o  que  acaba            tornando  este  um  acidente  muito  violento.  A  queda  de motocicleta, pela própria condição de vulnerabilidade do motorista e passageiro, pelo veículo não possuir proteção externa. O atropelamento de pedestre vem em seguida e está sendo alvo de uma ampla pesquisa atualmente realizada pela PRF, que busca saber quais são as circunstâncias em que vivem estes pedestres e o que os leva a tentar travessias  de  pista  perigosas  ou  mesmo  caminhar  por  acostamentos.  Os  dados preliminares apurados pela PRF nos meses de janeiro e fevereiro, mostram que em razão da falta de estrutura das localidades em torno das rodovias, os moradores acabam sendo obrigados a utilizar o acostamento como calçada e a rodovia como avenida, para atender as suas necessidades de deslocamento, entre outras causas apuradas.


Em 2012, 7 pessoas morreram durante a Operação Semana Santa nas rodovias federais no Rio de Janeiro. Abaixo, segue tabela com os tipo de acidente em que se envolveram.
As mortes em rodovias representam a maior preocupação da PRF, que tem  por objetivo  proteger a vida em primeiro lugar. Todos os eventos ocorreram em períodos de baixa iluminação, como noite, anoitecer e madrugada, com exceção de uma colisão frontal, que ocorreu na parte da tarde, na BR 116 na altura de Teresópolis. As mortes ocorreram em lugares distintos:



1)  Colisão frontal, com duas pessoas mortas na BR 101, em Casimiro de Abreu e uma pessoa na BR 116, em Teresópolis;
2)  Os atropelamentos aconteceram na BR 116 e na BR 040. Na BR 116, uma pessoa caiu ao descer de um ônibus, que o atropelou em Barra Mansa; na BR 040, um pedestre foi atropelado ao tentar atravessar a via na altura de Petrópolis.
3)  A colisão com objeto fixo ocorreu na BR 040, em Levy Gasparian.
4)  O tombamento de carga foi na BR 393, na altura de Três Rios quando um
caminhão de cimento entrou numa curva e acabou caindo sobre um automóvel que vinha na direção contrária, matando o motorista, que ficou preso nas ferragens.




Neste feriado, a PRF também realizou fiscalizações intensas, com os seguintes resultados alcançados:


a) Multas: mais de 2.500 autos de infração sendo cerca de 80% de trânsito pelo acostamento e ultrapassagens indevidas;

b) Documentos apreendidos (carteiras da habilitação e CRLVs): 102 c) Veículos retidos: 75
d) Multas por alcoolemia: 20, com 5 pessoas presas.






Post Top Ad

Casa do Inspetor - UPRB