quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Empresário é preso na sede da PRF por uso de documento falso

Um homem foi preso em flagrante por uso de documento falso, na Sede da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Cuiabá, na tarde de terça-feira (7), durante uma sessão de pregão eletrônico para contratação de empresa de engenharia especializada em manutenção predial.

O pregão eletrônico tinha como objetivo a contratação de uma empresa de engenharia para reforma e manutenção nas estruturas da Delegacia de Sorriso e nas duas unidades operacionais que a compõe.
A sessão foi aberta na segunda-feira (6), com a fase de lances. Posteriormente, foi solicitado à empresa vencedora do pregão que encaminhasse os documentos exigidos pelo edital. O proprietário da empresa apresentou à Comissão de Licitação da PRF um atestado de capacidade técnica com fortes indícios de falsificação. Durante a análise dos documentos, a equipe confirmou a inautenticidade e deu voz de prisão ao empresário por uso de documento falso, cuja pena varia de 2 a 6 anos de reclusão.
A empresa foi desclassificada do pregão e deverá ficar impedida de participar de licitações e contratações com a União, Estados, Distrito Federal ou Municípios pelo prazo de cinco anos, sem prejuízo das demais cominações legais.
A ocorrência foi encaminhada à Polícia Federal, em Cuiabá.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes